Translate

quinta-feira, 4 de setembro de 2014

Leonor



Está tudo dito! 

Milhares e milhares de comentários por essa internet fora, espelham a luta diária das crianças com problemas oncológicos. 

Ontem partiu a Leonor:(

Excelentes oncologistas, cirurgiões, enfermeiras, auxiliares, lutaram para que o desfecho fosse outro.

Eu próprio que acompanhava clinicamente a Leonor, dei o meu melhor para que o desfecho fosse mais feliz.

Infelizmente, mais uma vez, todo o empenho, conhecimentos técnicos, os melhores fármacos, não foram suficientes para derrotar esta maldita doença. 

Pergunto! Vale a pena tanta arrogância em relação à medicina homeopática, num combate tão desigual contra o cancro?

Não seria melhor unirmos esforços em vez de estarmos de costas voltadas?

Para quê tanto azedume em relação à medicina homeopática, quando poderíamos trabalhar lado a lado em função dos doentes?

Confesso que não tenho tempo para aprofundar estas questões, porque apesar de estar destroçado com a partida da Leonor, hoje às 8 horas já tinha um pai de uma criança de 3 anos com um problema oncológico muito grave a pedir a minha ajuda na clínica. 

Infelizmente a luta continua. 

Crianças como a Leonor vieram a esta vida para nos dar força, força que tanto preciso, para poder ajudar tantas outras crianças que sigo em consulta. Embora nestas alturas essa força teime em não aparecer…

Até sempre princesa:):)