Translate

domingo, 8 de junho de 2008

O preço da Homeopatia


“Dr. eu sei que estes tratamentos são muito caros...”
“A Homeopatia é eficaz mas é carissima...”
“Dr. não posso suportar um tratamento desses..”

Estas afirmações deixam-me particularmente triste, não por virem dos meus doentes, que são as pessoas que mais respeito, mas por estarem enraizadas no senso comum da nossa sociedade.
Nada pode estar mais errado, efectivamente a Homeopatia, é sem dúvida, a medicina mais barata para o doente.
A verdadeira Homeopatia, como todas as vertentes científicas, obedece a uma filosofia, a princípios e a leis. Uma dessas leis é “medicamento único”. Várias escolas e correntes surgiram ao longo dos anos, mas infelizmente só serviram para denegrir e descredibilizar, a nossa Homeopatia. Estas escolas, formaram homeopatistas, não lhes chamo homeopatas, porque simplesmente não fazem Homeopatia e também porque sou politicamente incorrecto.
O Dr. Samuel Hahnemann, o criador da Homeopatia, o mestre, criou um sistema completo e deixou-nos a obra que o explica, chama-se “Organon ou a arte de curar”. Na minha opinião, se o Dr. Hahnemann concebeu um sistema terapêutico e lhe deu o nome de Homeopatia, tudo o que se fizer diferente do que ele criou não se pode chamar Homeopatia, dêm-lhe outro nome, mas nunca Homeopatia, respeitem o trabalho, a memória e a obra do mestre. Nisto sou radical e intransigente...é como pegarmos na 5ª sinfonia de Beethoven, alterarmos a partitura e tocarmos como se fosse a 5ª sinfonia de Beethoven, isto não está correcto, é triste e desmotivador para quem, como eu, vive a Homeopatia.
O que quero dizer com isto, é que muitos “colegas”, prescrevem inúmeros medicamentos para as queixas do doente, desviando-se duma das leis fundamentais da Homeopatia que é “medicamento único”.
O leitor, se recorreu a um tratamento homeopático e lhe foram prescritos, vários medicamentos homeopáticos em complexo, ou alternados, mais fitoterapia (medicamentos feitos a partir de plantas), mais um sem número de outros tratamentos, tudo numa receita em formato A4, com certeza que não fez Homeopatia, fez qualquer outra coisa, carissima, isso sim, mas não Homeopatia.
Se por outro lado, recorreu a um verdadeiro Homeopata, e lhe foi dado apenas UM medicamento homeopático, tal como ditam as regras, terá pago qualquer coisa como 4 Euros e ficou com a garantia de que fez realmente Homeopatia.
A Homeopatia é uma medicina extremamente eficaz, em todas as idades, e em todas as circunstâncias, sejam patologias agudas, ou patologias crónicas e sobretudo é a forma de medicina mais acessível em termos económicos, desde que seja realmente Homeopatia e não seja um “emaranhado” de terapias conjuntas, que não têm a capacidade terapêutica da Homeopatia e ao mesmo tempo, encarecem exponencialmente as receitas.

2 comentários:

paula nunes disse...

Pseudo-homeopatas há muitos.
Homeopatas há alguns, poucos.
Com tanta paixão, honestidade, dedicação e competência há só um: TU!
Continua a escrever - é um prazer aprender...
Bjnhs

DiAleX disse...

Esta tua vontade de esclarecer o público em geral acerca do que é a verdadeira homeopatia é louvável. Nós, leitores, devemos estar agradecidos mas também os teus colegas deveriam aplaudir esta tua iniciativa.
Mais uma vez a tua crítica está fantástica: és assertivo, sintético e - mais importante que todas as outras - "politicamente incorrecto". (HAHAHAHAHAHA)